Revelação

.
Deivid convidou Manuella pelo seu iPad
que convidou Giullia que usou seu iPhone pra convidar
Lucca que tuitou Catharina que postou pra Mário Augusto
que não convidou ninguém.
Deivid foi pra Assembleia, Manuella pro Supremo,
Giullia foi ferida por bala de borracha, Lucca foi pra delegacia,
Catharina depredou Niemeyer e Mário Augusto
foi a pé pra casa com José da Silva
que teve o ônibus incendiado quando voltava do trabalho
e não tinha entrado na história.
(tomei por empréstimo de Drummond – e fiz algumas alterações…)
.
Publicado em poesia | Marcado com | Deixe um comentário

Ficando velho

O primeiro sintoma de que está ficando velho é não ver mais razão em tomar banho todos os dias.

Publicado em poesia | Marcado com , | Deixe um comentário

Muito mais

 

A mulher é um pouco mais que tudo.
É tudo, ainda mais.

Publicado em poesia | Deixe um comentário

Sinto

 

Sinto sua boca
Me beijando à toa

Sinto seus lábios
Seu gosto molhado

Sinto seus olhos
Me pedindo volte logo

Sinto sua face
Por toda parte

Sinto suas mãos
Que meus sentidos tomam

Sinto seus cabelos
Livres entre meus dedos

Sinto sua pele
Minha razão se perde

Sinto sua voz
Que vibra, desatando os nós

Sinto seu cheiro
Que me seduz por inteiro

Sinto seu desejo
Minha vontade, seu beijo

Sinto sua respiração
Minha louca paixão

Sinto seu sorriso
A paz de que preciso

Sinto seu corpo
Acender meu fogo

Sinto sua falta
Nada me conforta

Sinto muitas vontades
De você inteira, saudades.

Publicado em poesia | Deixe um comentário

Só você

 

Há um só segundo que não penso em ti
O que ainda está por vir

Publicado em poesia | Deixe um comentário